Lembrete de HOJE: É PROIBIDO RECLAMAR!

Quem concorda comigo que RECLAMAR de uma situação desconfortável só AJUDA a MANTER o problema ou deixá-lo ainda MAIOR? Convido você a fazer o seguinte teste: antes de expressar (de forma verbal ou não verbal) a sua reclamação pense no que VOCÊ pode contribuir para amenizar ou resolver a situação. Pense, ainda, no que VOCÊ está fazendo (ou deixando de fazer) para que este problema continue incomodando e interferindo negativamente em seus dias. Puxar a responsabilidade para nós mesmos sobre as situações negativas que ocorrem em nosso dia a dia é uma maneira consciente e racional de começar a encarar de outras formas os obstáculos e adversidades e encontrar soluções para tudo que está nos incomodando e impedindo de vivermos com mais satisfação, alegria e prazer. O namorado (a), esposo (a) não está agindo da maneira que você gostaria? Os filhos não obedecem e você sente que está perdendo o controle? O chefe está sendo injusto e você sente que não está tendo o reconhecimento que merece? A equipe de trabalho não segue as orientações propostas nas reuniões? Você se sente exausto (a), indisposto (a) e mesmo assim precisa levantar cedo e encarar mais um longo dia de trabalho? Quando se olha no espelho se sente frustrado (a), irritado (a) porque as roupas já não vestem bem, porque aquela calça já não fecha mais? No retorno para casa depois de um dia agitado se depara com o “trânsito fechado”, buzinas, o motorista entrou na sua frente sem dar sinal, a gasolina do seu carro está na reserva (e abastecer está cada vez mais caro), o ar condicionado estragou, está muito frio (ou está muito quente), você está atrasado (a) e tudo isso te tira do sério? O país vive uma crise política histórica, você liga a TV e fica cada vez mais indignado (a) com tanta injustiça, impunidade e colossal corrupção? E o tempo? Ah, o tempo…. você sente que as horas passam voando e quando chega no final do dia está esgotado (a) e quando pára pra pensar fica estressado (a) porque não deu conta de fazer metade do que havia planejado? Sente que anda trabalhando demais e produzindo de menos?

Todos nós passamos diariamente por situações como estas (e tantas outras). Reclamar pode ser uma forma de abrir a válvula da panela de pressão mas certamente não resolve em absolutamente NADA! Ao invés de reclamar procure fazer algo que traga novamente à você o estado de espírito capaz de fazer com que tome as mais assertivas decisões. Permita sentir-se cada vez mais tranquilo (a) e sereno (a). Pense em tudo que está a seu alcance para mudar de vez a situação desagradável e escolha entre as seguintes opções: Mudar a situação escolhendo novas atitudes e novos comportamentos, permanecer na situação (mas parar de se lamentar ou reclamar, olhando para a cena sob uma ótica positiva) ou abandonar o caminho que está seguindo (e se sentindo incomodado (a)) e começar um novo ciclo que te traga a felicidade que merece!

Perceba a diferença: Reclamar do (a) esposo (a), dos filhos, do chefe ou da equipe não vai resolver: dialogar vai (e caso não se resolva com diálogo é importante avaliar como esta conversa está sendo conduzida). Reclamar da aparência física, achar que está acima do peso e nada veste bem não vai resolver: mudar de atitude HOJE, parar de se sabotar e começar a praticar atividades físicas e ter consciência na hora de se alimentar vai! Reclamar que o trânsito está caótico não vai resolver o problema mas colocar sua música favorita pra tocar, cantar, pensar em todas as conquistas de sua vida até aqui e nos motivos que te levam a agradecer vai! Reclamar que o país não tem mais jeito, que políticos são todos iguais, que o Brasil está uma vergonha, que os empresários não recebem apoio do governo para crescimento sustentável, que pagam impostos sem retorno em benefícios, que a saúde pública está deplorável e que segurança e educação estão um caos não resolve o problema, mas ter voz ativa para exigir os direitos enquanto cidadão, mobilizar familiares, amigos, vizinhos para juntos manifestarem sua opinião a favor de mudança e justiça (ORDEM e PROGRESSO), apoiar voluntariamente projetos de incentivo à educação, participar de movimentos filantrópicos, estender a mão à quem precisa (não dando o peixe mas ensinando a pescar)… vai resolver!

As ATITUDES mudam o mundo!

Malala, ativista paquistanesa, poderia ter apenas reclamado e se lamentado por não ter acesso à educação vivendo sob controle do regime Talibã. Ao invés disso optou por analisar o que ela mesma poderia fazer para alterar aquela realidade. A determinação, coragem e a memorável e ilustre afirmação de que “uma criança, um professor, uma caneta e um livro podem mudar o mundo” alteraram a rota do destino de milhões de pessoas.

Nelson Mandela poderia ter optado pelo conformismo, apenas reclamando do rigoroso e lamentável regime segregacionista do Apartheid mas em oposição à isto lutou bravamente à favor da liberdade, da igualdade, da justiça e da democracia tornando-se um dos maiores e mais aclamados líderes da história!

Então vamos fazer um acordo? HOJE é PROIBIDO reclamar e é DEVER encontrar a melhor saída e chamar a responsabilidade para SI! Vamos juntos?

Se desejar entender mais sobre o processo de Coaching ou esclarecer dúvidas escreve pra mim (danielekaiser@danielekaiser.com.br).

O Coaching é focado na autorreflexão, autoconhecimento, conscientização e responsabilidade pela própria vida e os resultados que estão sendo alcançados. A partir de então o cliente (coachee) aprenderá a lidar melhor com os problemas, terá controle da situação e evitará que haja interferência negativa e reações emocionais enfraquecedoras frente à adversidades.

Desejo a você o mais extraordinário da vida!

Um grande abraço!

 

 

daniele-kaiser-autora
Daniele Kaiser

Life Coach

Share:

Comentários

Categorias

Leia Também